segunda-feira, junho 18, 2007

Paisagem

Clique para aumentar
de César, Junho de 2007.

Lagoinha da Serreta - Ilha Terceira (Açores), 17/06/2007

4 comentários:

tonsdeazul disse...

Esta paisagem é extraordinária!
Boa foto.

rebeca pm disse...

O Rogério disse que me poderiam ajudar em dúvidas sobre geografia. Gostaria de saber a resposta a esta pergunta que saiu no exame de Geo do ano passado e que eu não consigo resolver porque várias hipoteses me parecem correctas:
A taxa de actividade da população portuguesa é hoje maior do que há quarenta anos atrás. Esta informação é:
A-verdadeira devido ao fenómeno do êxodo rural.
B-verdadeira devido à crescente entrada da mulher no mercado de trabalho.
C-falsa devido ao envelhecimento da população portuguesa.
D-falsa devido às características da emigração neste período.
Gostava que me respondessem. beijinhos

Eduardo F. disse...

Cara Rebeca,
Obrigado pela tua dúvida.

De momento não disponho das estatísticas de há 40 anos para confirmar a minha ideia.
Mas isso não é impeditivo de uma resposta, que julgo que servirá para te esclarecer.

Ora vamos lá.
Em primeiro lugar podes consultar os valores da taxa de actividade para período censitário mais recente (1991-2001) aqui:
http://www.ine.pt/prodserv/retrato/retrato.asp

É errado tirar uma conclusão através de dados tão incompletos. No entanto, entre aquele período, podes verificar que a respectiva taxa aumentou 3,6 %.

Se a taxa de actividade tiver acompanhado sempre a da população residente, a resposta será verdadeira. Mas carecemos, como dito acima, de confirmação.

Quanto ao motivo de uma possível maior taxa de actividade:

A-
A resposta A é absurda, penso, pois a actividade não se dá apenas nas zonas urbanas.
O que nos diz a resposta A? Depreende-se que o êxodo rural faria as pessoas atingirem uma ocupação económico-laboral, como se ela não fosse possível, por exemplo no sector primário. O que é errado. A não ser que a ocupação no mundo rural não contasse para as estatísticas...

B
A resposta B apresenta um dado que é indesmentível, e além disso, um factor de grande mudança nas sociedades contemporâneas.
Admitir que esta seja a resposta correcta (que eu penso que seja) implica, também, admitir que no passado essas mulheres estavam distribuídas por actividades que não contavam para as estatísticas. Uma vez que sempre trabalharam como domésticas ou na agricultura.

C
A taxa de natalidade tem vindo a decrescer nas últimas décadas, o que, sem a entrada de imigrantes, se reflecte num maior envelhecimento da população.
Assim, e devido à ausência daqueles dados, não podemos dar uma resposta peremptória. Porque estamos a falar de uma taxa, em termos percentuais.

D
As taxas de emigração têm, em geral, vindo a decrescer desde o 25 de Abril de 74. Deste modo, julgo que esta não seria a resposta certa à pergunta.

Devido à falta de dados, é esta a minha resposta. Tentei responder.
É meu dever esclarecer qualquer dúvida que ela tenha suscitado em ti.

Obrigado pela tua visita.
Sustenta o sustentável.

Rogeriomad disse...

Em primeiro lugar é preciso saber o que é taxa da actividade.

Teoricamente a Taxa de actividade é a população em idade activa / a população total. Certo?

Idade activa vai dos 15 aos 64 anos.

No entanto, entende-se por população em idade activa apenas os "empregado remunerado", "familiar activo não remunerado", "militar" e "desempregado". Por isso não convém confundir Taxa de actividade com Taxa de Emprego como muitos dizem...
Se bem que os dois conceitos se unem quando se refere a comparações internacionais. Porque as politicas de emprego agrupam empregados e desempregados (enfim, que nó que tenho na cabeça)
Enfim... desempregados também são activos! ahah

Em Portugal, tal como no Algarve, essa taxa tem aumentado nos últimos anos. Por isso a C e a D estão de fora.

A resposta A está errada pelas razões que o Eduardo F avançou. É verdade que são nas cidades que encontramos mais oportunidades de emprego, no entanto, tal como disse, não convém confundir emprego com taxa de actividade! Logo êxodo rural, não tem muito a ver com taxa de actividade.

Por isso só nos resta a resposta B.
A RESPOSTA B é a correcta!
Porquê?
Basta analisarmos a Taxa de Actividade feminina nos últimos 40 anos:
-1960 a taxa era de 13.1%
-Actualmente está próxima dos 45%

Ou seja, houve um grande aumento porque muitas mulheres domésticas (população considerada inactiva) entraram progressivamente no mercado de trabalho.

-1960, cerca de 60% das mulheres eram domésticas;
-Actualmente apenas 11% das mulheres vivem da lida da casa! ah malucas... :) eheh

Pelo contrário, a Taxa de actividade masculina diminuiu. Se a taxa de actividade portuguesa está aumentar, é devido às mulheres, sem dúvida.

Houve uma forte transformação da nossa sociedade! A mulher não só entrou no mercado do trabalho, como cada vez mais há mais estudantes mulheres. No futuro será o homem a ficar em casa...
Eu não meu preocupo...
A ver um DVD com os meus filhoticos, enquanto a mulher trabalha! Que loucura... ahah

E qualquer dia o homem terá de engravidar (ahahah), porque a mulher está tão atarefada com a sua carreira profissional que já não quer ter filhos tão cedo... daí muitas terem apenas 1 ou 2 filhos já trintonas. Mais outro reflexo das mudanças verificadas na sociedade actual que é o da taxa de fecundidade e de natalidade são, cada vez, mais baixas.

Saudações geográficas,

Força nos estudos e qualquer coisa comunica.

Rogério

Nota: Já agora...
Considera-se população inactiva:
-Menos de 15 anos
-Estudante
-Doméstico
-Reformado
-Incapacitado
-Outro Casos (??) sei lá...

Por isso podemos ter entre 15 e 64 anos e sermos inactivos. ahah
Grandes conclusões que eu chego! Fabuloso... enfim...