sábado, abril 24, 2010

Andanças na minha terra 3


Vidal: Leça da Palmeira, ali ao lado da Exponor, Abril.

segunda-feira, abril 19, 2010

A cidade está a matar-nos

"Homem"
(inspirado em "O Grito", de Münch)
Eduardo F. - 9.11.00




Onde já não nascem as paixões.
Onde já não podem nascer paixões.
Onde a ausência de espaços íntimos aborta as paixões.
Onde estamos a esterilizar a vida.

sexta-feira, abril 16, 2010

Andanças na minha terra 2

Vidal: Abril 2010

Algures em Baguim do Monte, concelho de Gondomar, ali perto da fronteira com Valongo, um galo de Barcelos refila. A fotografia, essa, deve a sua graça a um telemóvel (dos fraquinhos).

Estamos a ser enganados por dentro

E depois está tudo bem.

quinta-feira, abril 15, 2010

Andanças na minha terra 1

Vidal: uma destas manhãs, à entrada de Adaúfe, Braga.

quinta-feira, abril 08, 2010

Páre, Escute, Olhe - estreia hoje


NOS CINEMAS A 08 DE ABRIL

LUSOMUNDO AMOREIRAS | LISBOA

CINEMA CITY ALVALADE | LISBOA

LUSOMUNDO PARQUE NASCENTE | PORTO

TRÁS-OS-MONTES, ESQUECIDO E DESPOVOADO, VÍTIMA DE PROMESSAS POLÍTICAS IMCUMPRIDAS DOS QUE JURARAM DEFENDER A TERRA.

O ANÚNCIO DO PLANO NACIONAL DE BARRAGENS LANÇADO PELO GOVERNO DE JOSÉ SÓCRATES VOLTA A AMEAÇAR A REGIÃO TRANSMONTANA.

EM NOME DO PROGRESSO, A CENTENÁRIA LINHA FERROVIÁRIA E PATRIMÓNIO DO VALE DO TUA ESTÃO EM RISCO DE SUBMERGIR COM A CONSTRUÇÃO DA BARRAGEM DE FOZ-TUA.

AS NECESSIDADES DAS POPULAÇÕES NÃO TÊM PESO, O POVO NÃO TEM VOZ.

AS ASSIMETRIAS ENTRE O LITORAL E INTERIOR DE PORTUGAL NUNCA ESTIVERAM TÃO ACENTUDAS.

“PARE, ESCUTE, OLHE” É UM DOCUMENTÁRIO DE REFLEXÃO. MILITANTE NA DEFESA DO PATRIMÓNIO DO VALE DO TUA.

UM RETRATO ACTUAL DE UM PORTUGAL DOS DISCUTÍVEIS INVESTIMENTOS PÚBLICOS, MERGULHADO NUMA GRAVE CRISE ECONÓMICA.

“PARE, ESCUTE, OLHE” É UM ALERTA, UMA DENÚNCIA, UMA VISÃO A LONGO PRAZO DE PORTUGAL.

TRAILER | SITE | TEASER AMANHECER | TEASER BARRAGENS