sexta-feira, agosto 31, 2007

Quarta alteração do Decreto-Lei n.º 380/99, de 22 de Setembro

Quarta alteração ao Decreto -Lei n.º 380/99, de 22 de Setembro, com as alterações introduzidas pelo Decreto -Lei n.º 53/2000, de 7 de Abril, pelo Decreto -Lei n.º 310/2003, de 10 de Dezembro, e pela Lei n.º 58/2005, de 29 de Dezembro, impondo a transcrição digital georreferenciada dos planos municipais de ordenamento do território.

Esta nova alteração parece-me essencial para um planeamento mais acessível e participativo por parte de todos os cidadãos, uma vez que os munícipios estão obrigados a "proceder à transcrição digital georreferenciada de todo o conteúdo documental por que são constituídos os PMOT" e ainda terão que os disponibilizar na internet, "nos respectivos sítios electrónicos".

Teatro romano a céu aberto em Braga

Nem sempre dizemos "mal". Esta é a prova da importância da Braga romana, da cidade à época e da sua história e cultura, não raras vezes esquecida:

A primeira grande descoberta do terceiro milénio foi revelada, ontem, em Braga o primeiro e, para já, único teatro romano a céu aberto de Portugal e do Noroeste Peninsular. "É uma descoberta extraordinária", começou por dizer a responsável pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, entidade que liderou as escavações, "que coloca a cidade de Braga ao mais alto nível europeu em termos de arquitectura romana.

Manuela Martins salienta que esta descoberta "é ainda mais extraordinária por se encontrar dentro de uma área protegida, onde estão as termas romanas da Cividade, pertença da autarquia, transformando o teatro automaticamente em monumento nacional".
Pedro Antunes Pereira, JN, 30 Agosto

Ler mais

quinta-feira, agosto 30, 2007

Bike a Faro

BIKE A FARO - 9 de Setembro
09:00»12:30

Passeio de bicicleta em família à descoberta do Património de Faro.
Aliando património e saúde.

Início do Percurso: Junto às Piscinas Municipais
Fim do Percurso: Museu Municipal

Marcação no Serviço Educativo do Museu Municipal de Faro através do nº. Telefone 289 897 400/1 INSCRIÇÕES GRATUITAS
DATA LIMITE DE INSCRIÇÕES: 4 DE SETEMBRO 2007

quarta-feira, agosto 29, 2007

Concurso de fotografia digital: “À Descoberta do Litoral de Lagos”

Clique para entrar"Está a decorrer, até ao próximo dia 30 de Setembro, o Concurso de Fotografia Digital “À Descoberta do Litoral de Lagos”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Lagos. O concurso tem como principais objectivos sensibilizar a população, mobilizando os seus sentidos para a capacidade de observação do meio natural e incentivar o desenvolvimento da consciência para a valorização do património natural e a preservação do ambiente no concelho de Lagos." Ler mais



Para mais informações sobre o concurso, regulamento e inscrições os interessados poderão dirigir-se ao Gabinete do Munícipe – Paços do Concelho; Posto de Informação Municipal; Centro Cultural de Lagos e Espaço Jovem, ou consultar a página da autarquia em www.cm-lagos.pt.

terça-feira, agosto 28, 2007

Plano Inclinado

Vidal: Julho

A imagem acima ficará ao rigoroso critério interpretativo e sapiente dos leitores. Falarei do sítio e da situação. Costumava fazer o caminho em direcção à Universidade do Minho (Gualtar), ou para apanhar a ligação BUS para o Campus de Azurém ou para frequentar as bibliotecas ou, ainda, para uma reunião marcada, paradoxalmente, na escola de Ciências Sociais (estudava em Guimarães), seguindo o famoso atalho que atravessa a assassinada Quinta da Armada (entre outras) e alguns terrenos de ninguém. No trajecto sabia, à minha direita, lá em baixo, a rua de Santa Cruz, à esquerda terrenos do convento e, em frente, o hospital psiquiátrico de São Marcos.

Recentemente refiz o trajecto animado de surpresas. Sabia-o. Na encosta sul, a rua de Santa Cruz já se perdeu num burburinho entremeado de prédios até ao atalho. Este, continua a secar no verão e a permitir combates de lama no Inverno. Parte dos terrenos, jogam-se num emaranhado jurídico à espera da sua vez. Entretanto, o caos impera (será de todo impossível planear seja o que for), esforçando-se por rechear os últimos resquícios, encostando o jogo da malha dos pacientes do hospital ao seu limite de insignificância.

Aqui chegado, desço à direita rumo às esplanadas que antecedem as aulas do dia. Jogam-se cartas entre exames e cábulas. Estamos em Julho quase Agosto. Encontro o Mercedes acrobata da fotografia a surripiar o último dos estacionamentos da zona. O último. Com um derradeiro fôlego desço entre automóveis e cadeiras de esplanada, tentando vislumbrar um naco de monte: Bom Jesus. Ali está ele a verdejar onde pode, está claro. Ainda a tempo, o sr. “Manel” do Gota arrisca: “não mudou nada. Está pior. Vai uma mini?”

domingo, agosto 26, 2007

"Estar no local errado à hora errada"

Clique para naufragarPor LEM, 2005.

sexta-feira, agosto 24, 2007

Alfacinhas...

...são os habitantes de Lisboa.

Sabem porque é que os habitantes se chamam alfacinhas?
Porque não têm tomates. Se tivessem seriam saladinhas... :)

quinta-feira, agosto 23, 2007

Brincadeiras com Geografia


Consumo de álcool-2001

Devo a possibilidade de ter acostado a http://www.worldmapper.org/, ao Zero de Conduta (que lá chegou através do Daily Mail). Novíssimas geografias, montes de mapas que assumem formas humanas (e não só), e viajam sobre coisas interessantíssimas. O melhor é ver por si.

Digam lá o que não é Geografia?...

terça-feira, agosto 21, 2007

Meu lindo Agosto

Vidal: Braga em Agosto

Não vos irei estorvar as merecidas férias (se for o caso), ou apoquentar os poucos momentos de descanso que dispõem, depois de escutar todas as peripécias das férias dos colegas, de preferência com um ciclone de permeio. A silly season já terá por esta altura os seus heróis e heroínas.

Em Setembro, lá para meados, já esquecido de umas férias sem sol (ou com pouco) fotografias descoloridas (mas muitas), pouco “bronze” e poucas histórias de areia, quando o leitor acordar, já não se recordará deste (silly) artigo. Provavelmente o mesmo acontecerá com o escriba. Todavia, constatará que tudo se encontra na mesma: as taxas de juro continuarão em crescendo, o desemprego terá mais corpos no lago (lembram-se dos GNR?), o sr. Berardo lançará (sem sucesso) uma OPA sobre o Maria da Fonte e, por mais que as famílias não paguem os milhares de créditos que embelezam os seus dias de consumo, em Braga, sim, em Braga, continuar-se-á a construir serenamente prédios (IMÓVEIS) uns atrás dos outros, enquanto o seu centro se alimenta do seu próprio rabo até desaparecer.

Da imagem acima, retive as palavras. Saboreei-as e pensei: Sonho. Imaginei o Homer Simpson e fiz (juro!) uuh…uuuh.
Acresce referir, não sem intensa mágoa, que os ditos apartamentos de luxo se encontram em construção há mais de SEIS anos, e sem fim à vista (já falei nisto). Acresce que esta área (com a qual eu impliquei e da qual arrecado pesadelos nocturnos), que é pasto sem fundo para o olhar esgazeado do pardal geógrafo, degrada-se, definha, enquanto tapa que não tapa um ribeiro, acrescenta RETAIL PARQUE sem acessos, e depois acessa de qualquer forma, obrigando a desvios desvairados; vai construindo de mansinho pelo monte, talvez para estar mais próximo de Deus, e assim, dando a volta a qualquer situação inesperada, ou local inapropriado, provando, desde logo, a sua adaptabilidade.

Sento-me na esplanada inexistente, à procura de um sítio para descansar o olhar. Um velhote passa por mim e, sorrindo, lá vai dizendo que o Camacho vem para o Benfica. Queria-lhe dizer que sou do Sporting, mas pareceu-me silly.

segunda-feira, agosto 20, 2007

Falta de energia?

Ver em pormenor

Visão de 1 de Fevereiro de 2007, p.28


Pois é, o tema de tertúlia do mês passado foi sobre as novas energias e a eficiência energética, mas como é um tema de que se falará cada vez mais, aqui deixamos mais uma achega. Neste caso, é um para compreendermos melhor o processo de fabrico do etanol.

domingo, agosto 19, 2007

"Novos produtos"

Clique para naufragar Por LEM, 2005.

segunda-feira, agosto 13, 2007

"Património Geológico Transfronteiriço na Região do Douro", de M. Elisa Gomes e Ana Alencoão (Coord.)

Clique para aumentar

Em tempo de férias, ou de escapadinhas (se for o caso), propomos um roteiro para conhecer a fantástica região de Trás-os-Montes, riquíssima em diversidade morfológica e geológica.

Neste pequeno guia, (que conta com a colaboração de muitos investigadores), descrevem-se de forma bastante acessível os porquês e os quês da região. São apresentados 5 roteiros:

I - A região das serras do Marão e do Alvão
II - Alto Douro Vinhateiro
III - Vila Nova de Foz Côa - Moncorvo - Freixo de Espada à Cinta - Fregeneda
IV - Arribas do Douro / Vitigudino -Fermoselle - Bemposta - Fornos
V - Arribas do Douro / Picote - Fariza - Miranda do Douro - Aldeia Nova


Como noutros aspectos daquela região (culturais e etnográficos), a fronteira imaginária (e na parte do Douro Internacional, real) não faz muito sentido. Se analisarmos a natureza nos seus mais variados domínios logo reparamos que tudo está ligado.

Património Geológico Transfronteiriço na Região do Douro - Roteiros
M. Elisa Preto Gomes e Ana Maria P. Alencoão (Coord.), Ed. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 2ª Ed. 2005

domingo, agosto 12, 2007

"Atitude precipitada"

Clique para naufragar Por LEM, 2005.

sexta-feira, agosto 10, 2007

Novos links

Olá a todos.

Informo que se encontram disponíveis três novos links:

Clique para ver
http://www.breathingearth.net/
O primeiro mostra-nos o estado do planeta e de cada país em particular, no que se refere, à população, número de nascimentos e de óbitos, emissão de CO2. Assim que acedemos ao site ficamos com uma ligeira ideia da expansão demográfica e poluição do planeta. Vale a pena consultar...

Clique para ver
http://www.eol.org/
O enciclopédia da vida é um projecto cibernético que pretende disponibilizar on-line todo o tipo de informações sobre cada uma das espécies animais e vegetais terrestre. Ainda na sua fase embrião, mas no futuro será um verdadeiro banco da dados. Passem por lá...

Clique para ver a Baleia Azul
w.wdcs.co.uk/media/flash/whalebanner/content_pub_en.html
Por último, para quem gosta de baleias e quer ter uma num aquário, basta aceder a este site para colocar a baleia azul no ambiente de trabalho. Um site curioso, pois mostra uma baleia ao pormenor.

Abraço
Continuação de umas boas férias, se for o caso...

terça-feira, agosto 07, 2007

"Portugal é o primeiro país do mundo a ter jurisdição sobre uma área superior a 200 milhas náuticas"

Foto publicada em publico.pt"Portugal voltou a desbravar o mar. Tornou-se o primeiro país a ter jurisdição sobre uma área para lá das 200 milhas náuticas, onde o mar é de todos. No novo pedacinho de Portugal, para os lados dos Açores, existem fontes de água quente, a 2300 metros de profundidade, onde a luz do sol nunca chega.

Para que quer um país um mundo destes? Porque, entre outras coisas, as fontes hidrotermais são oásis de vida marinha, alguma bem esquisita. Ela adaptou-se a condições extremas, como temperaturas elevadas e um ambiente tóxico, com enxofre, metais pesados, dióxido de carbono ou metano em excesso. Não depende da luz solar e da fotossíntese, mas da síntese que diversas espécies de bactérias fazem de elementos químicos oriundos das fontes hidrotermais, para obterem os nutrientes de que precisam. É nessas invulgares bactérias que assenta a cadeia alimentar: servem de refeição a outros seres vivos, que servem de refeição a outros...

Ao adaptarem-se às condições das fontes, bactérias e outros organismos podem ter desenvolvido moléculas úteis à medicina ou à indústria. Na biotecnologia, as fontes hidrotermais do mar profundo são vistas como um mundo admirável, de onde podem sair produtos industriais ou farmacêuticos surpreendentes.
"


Por Teresa Firmino , 05.08.2007 in publico.pt

segunda-feira, agosto 06, 2007

Quem diria que Belver tem um mapa...

Este fim-de-semana estive no interior de Portugal e gostava de mostrar-vos o seguinte mapa da vila de Belver, concelho de Gavião, distrito Portalegre. Foi com ele que não me perdi. Está fabuloso!!!

Clique para aumentarAutor desconhecido, sem data.

Clique para aumentar Clique para aumentar
Clique para aumentar Clique para aumentar
Fotos de Rogério Madeira, Belver (Gavião), 04.08.07.
Ligação no GEOramio

domingo, agosto 05, 2007

"Romaria anual algarvia"

Clique para naufragarPor LEM, 2005.

sexta-feira, agosto 03, 2007

Das construções em Agosto

Como se pode ler no DN de hoje, a novidade (para agradar a Gregos e Troianos?) para o novo aeroporto internacional de Lisboa, passa agora, pela Portela mais…Alcochete. José Manuel Viegas (IST), vai propor a sua inclusão no estudo da CIP. Polémica. Alarido em Agosto. Alguém vai notar? Afinal não são apenas seis meses para estudos, seja da CIP, ou qualquer outro? Trinta anos não chegaram, menos de cinco meses serão o bastante. Pensamento em grande, estudo pequeno! Toda a notícia AQUI

quarta-feira, agosto 01, 2007

Seja bem vindo ao inferno

Mapa do Inferno de Dante. Ilustração de Sandro Botticelli (século XV).

“À grande e à Francesa?” Não é à Francesa. Quem conhece um pouco da Europa sabe que os espaços comerciais de grande dimensão estão em regressão e, em alguns países (com tradição de grandes armazéns), sempre tiveram uma expressão proporcional à população e dimensão em questão. Todavia, mesmo nestes, a localização “tradicional” do centro comercial respeitava uma geografia definida, sita normalmente em nós de saída para vias principais, em áreas, de cariz suburbano (pelo menos).
Em Braga, Portugal (não é África), nada disto foi sequer considerado (grande parte das decisões urbanísticas são tomadas em jantaradas), previsto, ou, à falta de melhor, “temperado”, aproveitando a história da cidade e os seus eixos normais de crescimento. Fez-se, em muitos casos, tábua rasa e começou-se do zero. Com consequências.


O arrojo do “moderno”, outrora ainda travestido de ideal de “desenvolvimento” revela-se agora despido de preconceitos, e avança inexoravelmente para a betonização total da cidade. Na semana passada soubemos que a Comissão Regional (criada, em 2004, pela Grande Área Metropolitana do Minho para analisar pedidos de licenciamento de superfícies comerciais), tem em agenda a apreciação de dez novos “espaços” comerciais no distrito de Braga. QUATRO (Fórum Teatro de Braga, em S. Vicente, o Espaço Braga, na mesma freguesia, o Dolce Vita, em Dume e Braga Oulet, em Maximinos) dessas superfícies localizar-se-ão no concelho de Braga, três das quais, em plena cidade. O vice-presidente da associação comercial de Braga (ACB), Mário Santos, em declarações ao JN (25 Julho, sem link), afirmava que Braga apresenta uma média de 1,2 metros quadrados por Habitante, enquanto que a média europeia é cerca de …0,2!
Soubemos no dia seguinte que um destes espaços já foi licenciado (Espaço Braga). O Dolce Vita estará preso por detalhes. Parece que os empreendedores se esqueceram do estudo de impacto ambiental (Não seja por isso).
Aspectos relacionados com o tecido económico do concelho, a proximidade das cidades e dos espaços comerciais, o ambiente e ordenamento do território, não participam nos jantares. O urbanismo, parece que sim, na sua vertente URBANIZAÇÃO.

I Ano Tertuliano do Georden

Anunciamos que está oficialmente encerrado o I Ano Tertualiano do Georden. No entanto, podem continuar a participar através dos ecopontos ou via e-mail: georden@gmail.com
Lembramos que os temas discutidos nunca deixarão de estar actualizados e estarão sempre, disponíveis online, no Georden com o marcador "Tertúlias".

Programa do I Ano Tertualiano:
2007, Abril - Nova Lei da docência
2007, Maio - O que não é Geografia?
2007, Junho - (Pausa para reflexão)
2007, Julho - Novas energias

O II Ano Tertuliano está programado da seguinte forma:

2007, Setembro - Ordenamento e mundo rural
2007, Outubro - Uma Ordem ou uma (des)Ordem?
2007, Novembro - Mobilidade sustentável
2007, Dezembro - Novas centralidades
2008, Janeiro - Artes e expressões culturais urbanas
2008, Fevereiro - Educação ambiental
2008, Março - Nova arquitectura do espaço público
2008, Abril - Cultura e economia global
2008, Maio - Qualidade de vida
2008, Junho - Turismo sustentável
2008, Julho - Desertificação e erosão

Se quiserem participar no próximo ano tertuliano, com a publicação de pequenos artigos, façam-no através do seguinte endereço de e-mail: georden@gmail.com
com o assunto "Tertúlia - (Tema)" e enviem-nos a informação a publicar com os repectivos dados/fontes. Na altura certa toda a informação será publicada online no www.georden.blogspot.com/

Lembramos que o programa pode estar sujeito a pequenas alterações.
Estejam atentos e participem.

Saudações geo,

A Georden