quinta-feira, maio 03, 2007

Mapas e História

O assentamento (o sítio) de Braga remontará ao período neolítico. Existem indícios de aglomerados populacionais (cividade) desde a idade do bronze. Muito depois a Cidade Romana (BRACARA AUGUSTA), foi uma das mais importantes da Península e capital da GALLAECIA. Este marcante período de tempo (II a.C. III, IV d.C.), foi interrompido pelas invasões vindas do Norte. Os Suevos instalaram aqui a sua Capital, cujo território iria praticamente até ao rio Tejo. A sua influência foi decisiva para Braga e o futuro território português.

Clique para aumentar

Mapa Medieval de Braga
No séc XI, a cidade reorganiza-se, o mesmo acontecendo com a região a que hoje chamamos Norte de Portugal. É por esta altura que se inicia a construção da (Episcopado de Dom Pedro, 1070-1093) e da muralha primitiva envolvente. Será em torno da Sé que a cidade cresce e se “identifica”, sendo que o seu desenvolvimento se dá no perímetro muralhado, como se pode observar (e imaginar) pela imagem. A “luz divina”, desde muito cedo, influencia e condiciona a organização e o quotidiano da cidade e das suas gentes; ao contrário de outras cidades, onde a organização e estrutura são de cariz mais político-militar ou mercantil. Em 1112, D. Henrique de Borgonha (e sua mulher Dona Teresa) doam a cidade aos Arcebispos, assumindo esta, importância Ibérica. Ainda hoje é, e de muitas formas, a cidade dos Arcebispos.
No reinado de Dom Dinis a torre de menagem é construída e requalificada a muralha.

Sem comentários: