quarta-feira, julho 10, 2013

Como dizia o outro: primeiro a minha mãe, depois a família...



Tribunal arquiva processo que pedia perda de mandato para Mesquita Machado. Em causa estava o facto de o presidente da Câmara de Braga ter aprovado a expropriação de prédios que foram da sua filha, para serem integrados na futura Pousada da Juventude.


(ler mais no arquivo)

[imagem]


Sem comentários: