domingo, setembro 04, 2011

Um Tratado Sobre Os Nossos Actuais Descontentamentos, de Tony Judt


Título: Um Tratado Sobre Os Nossos Actuais Descontentamentos
Autor: Tony Judt
Tradução: Marcelo Felix
Editora: Edições 70 - Grupo Almedina - Outubro 2010


Uma obra saída da pena do historiador e escritor Inglês Tony Judt, que morreu em Nova York de esclerose lateral amiotrófica em 2010, ano igualmente da publicação do livro.

Indispensável, este conjunto de texto ou ensaios, pela análise objectiva e clareza de ideias, e sobretudo pela capacidade de nos por a pensar numa época em que “sabemos o preço das coisas, mas não fazemos ideia do que valem”.

“A desigualdade é corrosiva. Ela apodrece as sociedades a partir de dentro. A repercussão das diferenças materiais leva algum tempo a mostrar-se: mas a seu tempo aumenta a concorrência pelo estatuto social e bens; as pessoas experimentam uma sensação crescente de superioridade (ou de inferioridade) segundo as suas posses; cristaliza-se o preconceito para com as posições inferiores da escala social; o crime aumenta e as patologias do desfavorecimento social vão-se acentuando cada vez mais. O legado da criação de riqueza não regulada é realmente amargo.” (Pág. 34)

Sem comentários: