segunda-feira, abril 16, 2007

FESTA DA GEOGRAFIA

A Festa da Geografia

Apresentação e Programa

Em Mirandela, de 14 a 22 de Julho, vai decorrer "A Festa da Geografia".

Geógrafos portugueses e espanhóis, professores e alunos de Geografia,
planeadores, urbanistas, paisagistas, cientistas naturais e sociais,
simples cidadãos, todos interessados no território e nos seus problemas,
irão encontrar-se em Mirandela, para tratar de Geografia, apresentar os
resultados dos seus trabalhos, ensinar e aprender, trocar conhecimentos
e experiências, fortalecer laços de amizade, procurar descobrir novas
realidades e discutir soluções dos novos e velhos problemas que nos
afectam enquanto indivíduos.

Num ambiente de festa e de alegria, em que se juntam os jovens e os
menos jovens, os especialistas e as pessoas comuns, irá acontecer em
Mirandela a saudável troca de experiências, aspirações e novas
descobertas dos nossos e dos outros territórios.
Como grande festa da Geografia, ciência da terra e das pessoas e,
sobretudo, dos espaços que essas pessoas ocupam e utilizam enquanto
vivem, trabalham e se divertem, Mirandela tornar-se-á num local
privilegiado de convívio, mas também de reflexão e descoberta de um
Mundo que se multiplica em diversidade de paisagens e de gentes, onde se
criam, recriam ou transformam quadros físicos e humanos em constante e
dinâmica interacção, que importa conhecer e preservar, tanto como espaço
de vida como lugar de referência.

Ponto de encontro de saberes, a Geografia é a permanente descoberta da
natureza, de nos próprios e dos outros, estabelecendo, em termos físicos
e humanos, a necessária ponte de compreensão entre territórios, povos e
culturas.
Mas sendo encontro de saberes, a Geografia é também espaço de encontro
dos geógrafos que a praticam e de todos nós, indivíduos, instituições e
sociedades que transformam os territórios da Terra. Embora a diferentes
níveis e a diferentes escalas, com diversas capacidades ou formações,
todos fazemos geografia e construímos percepções ricas e plurais acerca
do território.

Homenageando o seu conterrâneo, Luciano Cordeiro, cidadão ilustre e
fundador da Sociedade de Geografia de Lisboa, a Câmara Municipal de
Mirandela decidiu, a partir deste ano, dedicar uma parte da sua
actividade cultural à Geografia. O Centro de Estudos Geográficos da
Universidade de Lisboa desde logo se prontificou a colaborar nesta
homenagem, transformando-a numa descoberta e numa celebração do
conhecimento - "A Festa da Geografia" - em que se irá mostrar a todos,
mas principalmente aos jovens, que a investigação e o conhecimento
científico são, também, uma aventura e um prazer.

A Festa da Geografia incluirá Conferências Científicas proferidas por
personalidades relevantes da Geografia ibérica; um Encontro Científico
aberto a todos os participantes, mas dedicado especialmente a
investigadores, estudantes e jovens geógrafos, em que serão apresentadas
comunicações livres e outros resultados de investigação; Mesas Redondas,
em que serão debatidos grandes temas de interesse geográfico geral e,
ainda, um conjunto de Debates intitulados "Perspectivas e Contradições",
moderados por jornalistas, em que personalidades de relevo da cultura,
do mundo empresarial e da geografia, darão as suas visões acerca dos
desafios que, numa ampla perspectiva humanista, se irão colocar à
Península Ibérica no século XXI.

Integrados na "Festa da Geografia", decorrerão, em simultâneo, cinco
concursos escolares:
a) Este é o meu território!, concurso de desenhos e pinturas dirigido às
crianças mais jovens dos distritos de Bragança e Vila Real. Os alunos do
pré-escolar, organizados em grupos, tratarão o tema "A minha terra",
enquanto os alunos do 1º ciclo de escolaridade tratarão, de modo
individual, o tema "Portugal e a Europa". Os trabalhos resultantes serão
expostos durante toda a semana da festa;

b) Nós sabemos Geografia!, concurso de conhecimentos geográficos,
igualmente de âmbito regional, dirigido a equipas de alunos do 2º e 3º
ciclos e do secundário, cuja final será realizada em Mirandela, durante
a Festa da Geografia;

c) Um planeta, vários territórios, concurso de trabalhos escolares
individuais de nível nacional, que versará diferentes temas de acordo
com o ciclo de estudos dos alunos: 2º ciclo, "A Península Ibérica"; 3º
ciclo, "A Europa"; Secundário, "O Mundo";

d) Trás-os-Montes: Território, População e Desenvolvimento, concurso
universitário nacional, para trabalhos individuais de alunos do ensino
superior;

e) Trás-os-Montes, concurso de fotografia, dirigido a todos os jovens
até aos 25 anos, que se dividirá nas modalidades de Paisagens e de Povos.

Todos os concorrentes terão diplomas de participação e os melhores
trabalhos serão premiados, de acordo com os regulamentos dos concursos.
Os prémios serão entregues em cerimónias públicas no decurso da semana
de "A Festa da Geografia".

Ao longo da semana da Festa, a par de uma variada animação de rua, com
gaiteiros e tunas académicas, e de um cortejo escolar geográfico que
sairá nos dias 16 e 17 de Julho, haverá, espalhados pela cidade,
cartazes, outdoors, e projecções de slides, sendo promovidas também
várias formas de convivialidade e diversos acontecimentos culturais,
como exposições e visitas guiadas de estudo e divulgação do património
cultural e do património natural e paisagístico da Região.

A Organização também disponibiliza espaço e tempo para os investigadores
que desejem fazer a apresentação de obras de índole geográfica durante a
semana da festa, devendo, para tal, contactar previamente a organização.
Do mesmo modo serão acolhidas as instituições e empresas de natureza
geográfica que queiram expor ou fazer apresentações dos seus produtos.

Em resumo, procuram-se novas formas de colocar e debater os velhos e
novos problemas que o desenvolvimento das sociedades actuais coloca aos
territórios.
Queremos que todos possam dar um contributo válido para a resolução dos
muitos problemas do Mundo, pois, na senda de Luciano Cordeiro, a Festa
da Geografia pretende constituir um espaço de construção do progresso e
do desenvolvimento sustentável. Homenageando esta figura cimeira do
século XIX e da Geografia portuguesa, a Festa da Geografia procura
discutir temas de vanguarda sobre a evolução dos territórios e da
sociedade portuguesa e ibérica e o seu enquadramento na Europa e no Mundo.
Difundido via E-mail

Sem comentários: