terça-feira, maio 08, 2012

Ousa a recusa de quem te usa

As Bolsas (atentemos na maiúscula, típica soberba das instituições. Que instituem. À revelia de quem as não elege e de quem, sobretudo, não deixa de as alimentar) de Paris e Atenas estão em forte queda.

Depois das eleições de domingo, os Mercados "recuaram".

É preciso dizê-lo. Claramente e por agora: A economia, tal como é e a propagam hoje, (ah, esqueci-me, portanto... Dizia eu, a Economia...) não gosta da (atentemos no artigo definido...) Política. (Também ela com letra grande, embora ande muito pequenina. Digo eu.)

Que tem isto a ver com Geografia (olha, e ele a dar-lhe...!)?

Aventem-lhe as hipóteses e os finos fios que a as malhas tecem.
Que somos nós.
Por aqui e por ali.
Aprisionados neste presente. Envenenado.

Sem comentários: