segunda-feira, janeiro 30, 2017

Rede de bicicletas partilhadas chega a Lisboa em Junho

A partir de Junho, Lisboa vai ter uma rede de bicicletas partilhadas. Em Março, o projecto avança para a zona do Parque das Nações ainda num registo experimental. A novidade foi partilhada por Luís Natal Marques, presidente da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL), que informou que a rede vai contar com 1410 bicicletas por toda a cidade.

Destas 1410 bicicletas, 940 serão eléctricas e 470 convencionais, e estarão distribuídas por 140 estações ao longo da cidade. 92 bicicletas estarão no planalto central da cidade, 27 na baixa e frente ribeirinha, 15 no Parque das Nações e 6 no Eixo Central, nas avenidas Fontes Pereira de Melo e da Liberdade. Em Outubro de 2015, a EMEL lançou um concurso público para “aquisição, implementação e operação do Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas na cidade de Lisboa”. 23 milhões de euros serão investidos nesta nova rede de bicicletas partilhadas, com a empresa Orbita a ficar responsável pela aquisição do sistema e pela manutenção nos próximos nove anos.

Via Greensavers



Finalmente Lisboa vai parecer-se mais, no domínio da mobilidade, com outras cidades europeias. Estivemos há uns meses em Madrid e o seu projecto, BiciMAD, pareceu-nos perfeitamente consolidado e eficaz, com inúmeros utilizadores. Podem saber mais aqui, mas o BiciMAD dispõe de uma rede de 2028 bicicletas eléctricas (todas) distribuídas por 163 estações.

Ao lado, foto de quando fomos a Zaragoza (junto à Estação Ferroviária de Delicias), aquando da Expo, em 2008. A cidade, magnífica, também dispõe de aluguer gratuito de bicicletas (convencionais, à data). Andámos alguns dias nelas e entregámo-las no fim do prazo.


Recordemos o vídeo que fizemos na altura:




Sem comentários: