domingo, fevereiro 19, 2012

Vá, acabem lá com isso...

O risco sísmico na central nuclear de Fukushima 1 (Daiichi), no Japão, aumentou depois do terramoto de 11 de Março do ano passado, de magnitude 9.0. Um estudo publicado agora na revista «Solid Earth», da União Europeia de Geociências que utilizou dados de mais de seis mil terramotos demonstra que o sismo reactivou uma falha sísmica que se encontra perto da central nuclear.

Via CiênciaHoje

Sem comentários: